bull terrier

História da raça Bull Terrier

No ano de 1800, na Inglaterra, as brigas de cães estavam na moda. Organizavam-se combates de cães contra ursos, touros, leões, macacos, ratos, em fim tudo tipo de animais tanto selvagens como domésticos.
Qualquer cão que demonstrasse coragem e valentia servia para entrar no ringe da morte, aonde além das vidas jogava-se muito a dinheiro.

O predomínio do Buldogue Inglês em todas elas era evidente. Mas estamos falando de um cão muito diferente ao Buldogue de nossos dias tanto no aspecto físico como no psicológico.
A única coisa que ainda conserva o mesmo é o seu nome.
Em 1835, o parlamento Inglês proibiu as brigas entre animais. As brigas contra os touros (Bull-baitings)s brigas entre cães por serem mais fáceis de se encobrir, continuaram mantendo-se clandestinamente. (dog-fightings).as lutas, e contra os ursos (bear-baitings), tinham os seus dias contados, o mesmo que contra outros animais de grande porte.
Com a difusão desta modalidade, chegou-se a conclusão de que necessitavam de cães mais ágeis. Não era suficiente com os que haviam, assim começou-se a procura de um cão que além das qualidades naturais dos já existentes, aportara ferocidade, rapidez e principalmente inteligência. Os primeiros cruzamentos foram com Terriers, concretamente com o “Old Black and Tan Terrier” que não era outro senão o antigo “Manchester TerrierSeu reinado durou até 1862, quando um criador da Cidade de Birmingham chamado James Hinks, apresentou na exposição de Londres (Cremone Dog Show) a sua cadela “Puss” fruto do cruzamento do “Bull and Terrier” com “White English Terrier”.
Para ganhar um pouco de elegância e estética, ele tinha introduzido na linha de sangue o “Dálmata”Alguns anos mais tarde, depois da intervenção de outras raças como o “Greyhound”, o “Foxhound” e o “Spanish Pointer”, Hinks criou uma nova raça a que chamou “Bull Terrier”. Daí em diante a raça ganhou amantes e apaixonados em vários países do mundo ganhando a notoriedade que hoje mantém em inúmeros centros de criação.O Bull Terrier é o gladiador das raças caninas, corajoso e fogoso. De temperamento equilibrado e fácil de ser disciplinado. Embora obstinado, é particularmente bom com as pessoas.PELE

Bem aderente.

PELAGEM

Pêlo: curto, assentado, denso, áspero ao toque e brilhante. O subpêlo pode estar presente no inverno.

COR

Nos brancos, pura pelagem branca. A pigmentação da pele ou marcações na cabeça não devem ser penalizadas. Nos coloridos, a cor predomina sobre o branco. O tigrado é preferido. Tigrado escuro, vermelho, castanho e tricolor são aceitáveis. Pequenas marcas na pelagem branca são indesejáveis. Manchas azuis e fígados são altamente indesejáveis.

TAMANHO

Não há limites para a altura e o peso, mas o cão deve dar a impressão de máxima substância para seu tamanho, em coerência com as suas qualidades e sexo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: