RASTREADOR BRASILEIRO

Na década de 50 o cinófilo Oswaldo Aranha Filho resolveu criar uma raça de cão para auxiliar na caça de onças pardaspintadas eporcos-do-mato, que deveria ser de coloração clara, para não confundir o cão e a caça, ter excelente olfato, grande capacidade venatória, deveria ter um latido alto e variado, para indicar ao caçador a maneira de conduzir a caça, sinalizando por exemplo se perderam o rastro ou a proximidade da caça, também deveriam saber caçar sempre farejando, desentocando e acuando a caça para que o caçador pudesse abatela. Para conseguir estes objetivos, Aranha cruzou cães da raça veadeiro pampeano e cães importados das raçasfoxhound americanowalkerhoundbluetick hound americanoblack and tan hound inglêsblack and tan coonhound e o petit bleu de gascogne.

Após quase duas décadas de trabalho, Aranha chegou a um cão que reunia quase todas as qualidades desejadas quando iniciou o trabalho, a exceção era não ter apenas cães claros entre os integrantes da raça, mas devido a alta capacidade para a caça que seus cães desenvolveram, resolveu manter também cães que não fossem inteiramente brancos. E aproveitando-se de uma visita de três juízes da Federação Cinológica Internacional ao Brasil em 1967, conseguiu no mesmo ano o reconhecimento do rastreador brasileiro por esta entidade cinófila, rapidamente reuniu toda a documentação e comprovações exigidas para o reconhecimento.

Em 1973 uma epidemia de piroplasmose e uma intoxicação por excesso de carrapaticida matou 39 cães do plantel de Oswaldo Aranha, e devido a isto, após uma reunião em 1974, a raça foi considerada extinta pelo Brasil Kennel Club, que era a principal entidade cinófila brasileira da época, e filiada a FCI.

Durante o processo de desenvolvimento da raça, Oswaldo Aranha doou dezenas de rastreadores brasileiros a caçadores e fazendeiros das regiões SudesteCentro-Oeste do Brasil, em troca de avaliação de desempenho da raça na caça. Após mais de meio século do inicio do trabalho de desenvolvimento, os descendentes destes cães se espalharam rapidamente por todo o interior do país, devido as suas grandes qualidades de caçador foi muito procurado por outros caçadores e fazendeiros, e a isto de deve a sua expanção por outras regiões do país e a interrupção temporária do processo de extinção.

Devido ao seu potento latido, é conhecido em algumas regiões como urrador. Devido a sua semelhança com o seu ancestral foxhound americano, é também chamado de americano em outras regiões. Devido a sua grande presença na região do pantanal, é conhecido ali como pantaneiro, aliás esta é a região onde mesmo ilegalmente, é ainda hoje muito usado porpecuaristas na caça a onças, suçuaranaslobos-guará que ameaçam seus rebanhos, mas a casos semelhantes também em outras regiões.

A partir da Década de 2000, uma organização chamada Grupo de Apoio ao Resgate do Rastreador Brasileiro começou um trabalho em busca de um novo reconhecimento oficial da raça junto a Confederação Brasileira de Cinofilia, e principalmete evitar que a raça realmente venha a extinção.

São cães muito belos e tem aparência comum a maioria dos cães de tipo “hound“, do qual descendem. A cabeça é triangular, a trufa é escura e levemente aponta ao solo, olhos escuros, orelhas longas, caídas e com pontas arredondadas, o pescoço possui relativamente mais pele solta do que em outras partes do corpo. São relativamente grandes, podem atingir até 67 centímetros na altura da cernelha, possuem silhueta corporal retangular e aparência rústica e forte, sem no entanto, serem atarracados ou possuirem musculos marcados, pelo contrário, a pele é um pouco frouxa ao corpo, o peito é forte e o abdome é pouco marcado em relação ao peito. A cauda aponta para cima quando o cão está atento ou movimentando-se. A pelagem é curta e dura ao tato, as cores são anilado, branco com todo o corpo manchado de azul, branco com manchas de uma ou duas cores, geralmente pretas e castanhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: