dogo canario

A formação da raça começou a partir do século XVI, com a chegada dos colonos, que trouxeram cães molossóides e de tipo bull (molossóide e terrier) para auxiliá-los na lida com o gado, que necessitava sempre ser subjugado para ser arrebanhado. Foi a partir do cruzamento desses cães com o perro de ganado majoreiro e outros cães nativos que surgiram exemplares com ossatura e cabeça mais pesadas, mas que mantiveram a valentia e a aptidão para a lida com o gado. Além dos cães, os colonos trouxeram consigo o hábito das rinhas, e essa também se tornou umas das funções desses cães. Foi este ambiente que deu origem ao perro de presa canario que hoje chamamos de dogo canário.
Já no século XX, a proibição das rinhas e os novos costumes na lida com o gado, além da popularidade de raças estrangeiras, fizeram a popularidade do cão nativo decair, e a raça quase foi extinta. Porém, a partir da década de 70, alguns criadores, com o intuito de preservar a raça, criaram o Clube Espanhol do Presa Canário.A raça dogo canário é conhecida pelo seu temperamento calmo, referido frequentemente como “temperamento insular”. É considerado “gentil e nobre” com a família, e desconfiado com estranhos. Cria laços fortes com o seu dono e família humana e pode ser muito protector. É inteligente e apresenta um “olhar severo” característico.
Em algumas situações, o Presa pode ser agressivo para outros cães e animais, e mesmo humanos em casos raros. Desde que o cão tenha sido treinado e socializado, este comportamento constituirá excepção e não regra. Muitos presas coahabitam com pássaros, gatos, cães, cavalos, répteis e outros animais.
Apegado à família, porém desconfiado com estranhos, o Dogo canário demonstra ter grande confiança. De aspecto sereno mas sempre atento, é especialmente dotado para as funções de guarda, sendo considerado por especialistas como o guardião ideal, por ser muito territorialista, equilibrado, predisposto a obediência e com um grau de atividade elevado para um molosso. Possui latido grave e, quando em alerta, sua atitude é muito firme e seu olhar vigilante.O dogue canário ou dogo canário, conhecido também como perro de presa canário ou presa canário, é um cão molossóide originário das Ilhas Canárias, principalmente das ilhas Tenerife, Gran Canaria e Fuerteventura (Espanha). Nestas ilhas existia o perro de ganado majoreiro (cão de gado majorero) também chamado de perro de la tierra ou simplesmente majoreiro, valente guardião e boiadeiro, um dos ancestrais do dogo canário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: