parson russel terrier

Os ingleses sempre gostaram da caça à raposa. Desde o século XVI que se encontram descrições de pequenos terriers brancos (para se destinguirem nos campos). Dado o isolamento natural devido às dificuldades de circulação, cada região desenvolveu o seu próprio terrier de caça à raposa.

O Parson Russell Terrier deve o seu nome a um padre anglicano, John Russell, que viveu no século XIX e estabeleceu as características da raça:
pretendia um cão pequeno que conseguisse entrar nas tocas das raposas para as fazer sair, mas que não fosse demasiado agressivo. Ao mesmo tempo, deveria ser um cão ágil, capaz de acompanhar os Fox Hounds e os cavalos nas caçadas.
Deveria, portanto, ser um cão sociável, capaz de se relacionar pacificamente com pessoas, cavalos e outros cães.

O tipo de terrier criado pelo ‘parson’ começou a ser conhecido e admirado pelo seu bom carácter e pela sua agilidade.

Embora tenha continuado a ser admirada em Inglaterra pelas suas qualidades, a raça só foi reconhecida pelo Kennel Club em 1990 após grandes esforços de documentação empreendidos pelo clube da raça. Graças a este clube, o Parson Russell Terrier é uma das raças mais bem documentadas do mundo. Após o seu reconhecimento, a raça atingiu uma enorme popularidade no Reino Unido, nos Estados Unidos, na Austrália e no Norte da Europa não só como cão de trabalho, mas principalmente como animal de estimação. Esta popularidade promete crescer, pois trata-se de um cão multifacetado que se adapta a um grande número de situações diferentes.A altura ideal de um cão adulto é de 14 “no ponto mais alto do que os machos e fêmeas de 13”. O peso de um terrier na condição de trabalho duro é geralmente entre 13-17 lb O terrier devem aparecer equilibrado e proporcional com a altura na cernelha é ligeiramente maior que a distância da cernelha até a cauda. Estes terries tem osso do meio, que não é tão pesado quanto a aparecer grosseiros ou tão leve a ponto de parecer atrevido. A cabeça deve ser proporcionada com o corpo em forma de gota com pequenas orelhas-V e uma preta pigmentada nariz cheio. A mordida deve ser tesoura com o set top de dentes muito ligeiramente sobrepostas ao fundo. A pelagem pode ser lisa ou quebrada, constituída por uma dupla camada, que é naturalmente áspero, estreita e densa, reta, sem sugestão de torção. Há uma indicação clara, com apenas um toque de sobrancelhas e barba, se natural da pelagem. Este mais terrier é destinado a ser exibido em sua aparência natural e não excessivamente preparado. Sua cor é predominantemente branca com manchas negras ou bronzeadas, ou uma combinação destes. As cores são claras, mas desabafar é aceitável e não deve ser confundido com o rajado (o que desqualificaria o terrier).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: